Skip to main content

A venda de qualquer produto é resultado da aplicação de técnicas de convencimento do cliente. Para isso, é necessário atender expectativas, satisfazer necessidades e possibilitar a realização de sonhos dos consumidores. Seja qual for a modalidade comercial, a rentabilidade dos negócios é diretamente afetada pela conversão de vendas.

De modo geral, muitos empreendedores buscam melhorar as suas comercializações com investimentos em ações de marketing e divulgação da marca. No entanto, o trabalho pode ser facilitado se a empresa procurar reter o público que ela já atinge. Ao agir de modo inteligente, os recursos empregados podem maximizar as vendas, com o auxílio das seguintes propostas:

· Buyer persona (busque a personificação detalhada do cliente ideal, aquele que está mais propenso a comprar da sua loja e invista em conteúdo relevante para esse perfil;

· Acréscimo de valor (o conteúdo disponibilizado pela sua loja deve agregar algo útil e interessante para o consumidor e que também seja capaz de atrair possíveis compradores;

· Gatilhos mentais (monte estratégias que façam os clientes pensarem na sua empresa como referência de produtos ou serviços, utilizando temas que trazem emoção, autoridade, alívio, motivo, novidade, prazer, realização, reciprocidade, semelhança, urgência, entre outros;

· Prova social (ao satisfazer as expectativas dos consumidores, cria-se um ambiente confiável que pode atrair mais clientes, sendo feito por meio de depoimentos no site, comentários e vídeos nas redes sociais.

· Funil de vendas (as atitudes do usuário podem ser analisadas que se refere a atenção, interesse, desejo e ação, verificando cada passo do cliente até a conversão, além de utilizar as informações obtidas para novas oportunidades.

· Inbound marketing (as estratégias de atração, os conteúdo mais clicados, os assuntos que geram mais tempo de permanência no seu blog e as redes sociais devem ser usadas para reforçar a presença da sua marca e despertar o interesse do cliente;

· Recompensa (todos os materiais e recursos online (e-books, podcasts, webinars e outros) disponíveis gratuitamente podem despertar os sentimentos de exclusividade e favoritismo nos clientes, contribuindo para a lembrança da sua marca ao realizar as compras;

· Remarketing (quem já acessou o seu site ou demonstrou interesse na sua marca pode receber materiais exclusivos, uma vez que preencheu formulários ou realizou cadastro, o que torna as campanhas direcionadas e trazem mais chances de retorno;

· Pós-venda (o consumidor que é bem atendido, fica satisfeito e divulga a sua marca. Portanto, a criação de conteúdo para os que já optaram por seus produtos ou serviços favorece a influência da empresa e amplia as possibilidades de vendas.

Estoque eficiente é fundamental

Não se pode refletir sobre conversão de vendas sem considerar a importância do controle efetivo de estoque na cadeia de suprimentos. Para que a atividade seja bem-sucedida, é necessário empregar boas práticas de gestão, buscar eficiência operacional e aplicar o que há de melhor em tecnologia para contribuir com o planejamento, a organização do fluxo de mercadorias e o armazenamento de materiais.

Para contribuir a essa reflexão, apontamos abaixo as principais medidas que devem ser adotadas para se alcançar bons resultados nos negócios. Confira:

Demanda

A identificação da demanda de artigos e serviços contribui para o equilíbrio das compras do setor e favorece a saída mais rápida dos materiais, o que facilita a liberação de espaço no estoque. A análise dos ambientes interno e externo permite a identificação de períodos e itens sazonais, o que colabora para o êxito das negociações futuras e impede o excesso de mercadorias. Um estoque exagerado pode gerar perdas por motivos de avarias, vencimento dos prazos de validade, deslocamentos, etc. O acúmulo de produtos representa investimento paralisado e que poderia ser aplicado em itens de maior procura, favorecendo a movimentação de estoque para atrair capital.

Atendimento

É de extrema importância o cuidado com o atendimento aos clientes. Se a sua empresa perder uma venda por indisposição de funcionários ou pela falta de mercadorias, corre o risco de perder inclusive o comprador, uma vez que este buscará os produtos que necessita na concorrência. Além disso, atendimento ruim e estoques pequenos impedem o cliente de realizar mais pedidos ou fazer solicitações volumosas. Tais ocorrências atraem críticas, reclamações, comentários negativos, insatisfação e pode até manchar a imagem da empresa.

Monitoramento

O acompanhamento constante da movimentação de produtos no estoque permite compreender melhor o volume de vendas e acompanhar as tendências do mercado. Ao mesmo tempo, aponta a necessidade de reposições periódicas das mercadorias e a real situação de cada produto armazenado, possibilitando a emissão de relatórios confiáveis para evitar surpresas negativas. Essa atividade reduz pedidos de urgência, gera economia e traz mais eficiência à gestão.

Padronização

As atividades de movimentação de materiais e previsão de demanda devem ser padronizadas e inseridas no mesmo sistema de registro, a fim de garantir a unificação de códigos e evitar o surgimento de dúvidas sobre as especificações de cada produto armazenado. A confiabilidade dos dados do estoque permite aperfeiçoar o desempenho operacional, eliminar desperdícios e favorecer as ações do planejamento estratégico.

Fornecedores

O êxito no controle de estoque também depende da boa relação com fornecedores e prestadores de serviços. O estabelecimento de parcerias qualificadas e a prática de procedimentos transparentes com outras empresas e grupos terceirizados traz agilidade na entrega de mercadorias e evita atrasos ou perdas, que podem comprometer a cadeia de produção e o atendimento eficiente dos clientes.

Cadastro

Ao cadastrar todos os itens no estoque, a sua gestão se torna mais fácil e organizada. E isso deve ser feito por meio da categorização de produtos, mencionando os diversos tipos e suas características, volumes e especificidades de cada artigo, o que contribui para o controle e a elaboração de relatórios gerenciais.

Inventário

É simplesmente impraticável fazer o controle de estoque sem um inventário atualizado. O levantamento das informações acerca de quantidade e das características dos produtos facilita a localização de qualquer item procurado e suas reais condições de uso. É necessário realizar o inventário periodicamente para manter tudo bem organizado.

Resultados

O controle efetivo de estoque é fundamental para que a área comercial possa alcançar as metas estabelecidas e o marketing consiga desenvolver as melhores estratégias para a conversão de vendas. O emprego de tecnologia adequada e a aplicação de métodos de trabalho eficientes contribuem para o sucesso da gestão. Com a movimentação de estoque organizada, os custos diminuem e a rentabilidade aumenta, proporcionando mais tempo à dedicação do planejamento estratégico do seu negócio.

Leave a Reply